22 de maio de 2018

Bungou Stray Dogs .:*☆

Oi, meus anjos!
Mais uma vez, estou aqui a tentar esforçar-me o máximo para não desaparecer.

Eu já sou normalmente preguiçosa, então quando chega a altura dos exames é que não tenho motivação nenhuma para postar. Mas como não sou falsa e quero manter isto em pé, esforcei-me um pouco esta semana para escrever qualquer coisa. Além que na próxima semana queria ver se acabava o post do Together! Vou falar sobre a minha invicta, vai ser literalmente um post gigante como se fosse um guia turístico. Agora não é disso que vou falar; mas sim de Bungou Stray Dogs. SIM! Finalmente após adiar ver isto durante 2 anos, decidi do nada que esta semana era um boa altura pra ver as duas temporadas todas (sim, antes de duas frequências, fantástico, sou tão esperta). 

Durante semanas, o orfanato de Atsushi Nakajima foi atormentado por um tigre misterioso que só ele parece estar ciente da sua existência. Suspeito de estar por trás dos incidentes estranhos, o jovem de 18 anos é abruptamente expulso do orfanato e deixado faminto, desabrigado e abandonado na cidade. Enquanto este morre de fome na margem do rio questionando a sua existência e importância, Atsushi salva um homem bastante excêntrico chamado Osamu Dazai de se afogar. Entusiasmado com suicídios extravagantes, detective sobrenatural Dazai está a investigar o mesmo tigre que aterrorizou Atsushi. Juntamente com o parceiro de Dazai, Doppo Kunikida, eles resolvem o mistério, mas a resolução deles deixa Atsushi em uma situação difícil. Conforme vários eventos estranhos se desenrolam, Atsushi é coagido a se juntar à sua firma de investigadores sobrenaturais, assumindo casos incomuns que a polícia não consegue lidar com os seus inúmeros colegas de trabalho intrigantes.

27 de abril de 2018

ᴛᴏɢᴇᴛʜᴇʀ ⋆˚࿐ depois de partir

Olá meus amores!
Peço imensa desculpa por andar a fugir mas este post também vai explicar bastante.

Finalmente recuperei e estou pronta para mandar um post antes de Abril terminar. Já Maio se aproxima assim como a Queima das Fitas e os meus exames de 2º semestre (preparada, eu? nunca). Mas foi uma complicação escrever este post porque acabava sempre por eliminar e voltar a escrever, de novo eliminava e o ciclo era continuo. Até pensei mesmo que não ia chegar a conseguir mas vá lá arranjei o tempo para mim e decidi fazer tudo direito! Hoje vai ser mais um do Together e admito que este foi uma complicação para mim, apesar de ser a coisa mais rafada e simples de sempre (comparado com outras participações incríveis, deem uma vista de olhos!). Então este mês foi o seguinte:

"Abaixo há uma lista com 20 conjuntos de palavras. A proposta é escolher um conjunto e escrever uma história - pode ser um conto, uma cronica, uma ceninha, um poema, desde que seja one-shot (capítulo único, com começo, meio e fim), pra ninguém morrer de curiosidade nesse projeto. Escolhendo seu conjunto, as 3 palavras devem aparecer no seu texto exatamente como estão escritas, sem mudanças de singular/plural. Elas podem aparecer mais de uma vez, e só precisam ser destacadas no texto na primeira aparição. Fora essas orientações, o resto é livre - não tem limite de caracteres, de género textual, de nada. Obviamente, não vou divulgar na lista final quaisquer textos que façam apologia s preconceitos, violências e afins (entendam: apologia é diferente de falar sobre: é exaltar, elogiar e incentivar essas coisas)"